• Blog

Quanto tempo dura um implante dentário?

18/12/2015 às 19:15 0 comentários Blog, Hospital da Face

Quanto tempo dura um implante dentário?

Os implantes dentários funcionam como uma excelente opção para solucionar a falta de dentes e os problemas de mastigação. Este é um processo que envolve duas etapas:

1ª etapa

Etapa cirúrgica – Nesta fase são instalados os implantes que substituirão as raízes naturais dos dentes. A instalação das raízes artificiais de titânio através de procedimento cirúrgico costuma ser muito simples, rápida e indolor, assim substituindo um ou mais dentes perdidos.

2ª etapa

Etapa da prótese – São instaladas as próteses dentárias, ou seja, os dentes artificiais que ocuparão o lugar dos dentes naturais ausentes ou deteriorados, buscando recuperar as funções físicas e obter uma estética natural.

O tempo de duração de um implante dentário depende de um vasto número de fatores. O implante, propriamente dito, e a prótese, que é inserida no implante possuem diferentes níveis de durabilidade. Por exemplo, a durabilidade de uma peça de titânio que constitui o implante, costuma durar por volta de 15 anos, na maioria dos casos. Porém, há relatos de implantes que já ultrapassaram os 20 anos.

As expectativas de duração dos implantes são extremamente animadoras, mas necessitam da colaboração do paciente em relação aos cuidados com a higiene oral. Um dos principais fatores que podem interferir na duração da manutenção dos implantes é a doença das gengivas.

Já as próteses dentárias costumam apresentar um tempo de durabilidade por vezes menor que a dos implantes. No caso das próteses de resina, por exemplo, a duração média costuma ser de 10 a no máximo 15 anos.  A exceção fica por conta das próteses de cerâmica de boa qualidade que podem durar entre 20 e 25 anos.

Como escolher o melhor tipo de implante dentário?

A escolha do tipo de implante está intimamente ligada ao tipo de problema a ser tratado. Alguns fatores essenciais deverão ser levados em consideração, tais como, a idade do paciente, a situação de saúde, o estado da sua estrutura óssea maxilar e a causa da perda de dentes. Eles ajudarão a determinar qual a melhor opção e diminuirão os riscos envolvidos na cirurgia.

Existem alguns tipos de implantes dentários. Os mais utilizados são o implante ósseo integrado e o implante subperiosteal, mas existem outras alternativas para casos específicos. Dentre elas, o implante dentário feito através da colocação de um enxerto ósseo vem se destacando como uma técnica eficaz para solucionar o problema de ausência de estrutura óssea.

Porém, antes de se submeter a uma cirurgia de implante dentário, o paciente deverá conhecer detalhadamente cada uma das características relevantes de cada tipo de implante, inclusive quanto a sua cicatrização. Assim, poderá decidir com mais tranquilidade junto ao especialista qual a melhor forma de tratamento.

Como higienizar seus implantes?

A higiene do implante é similar a de um dente natural. Escove os dentes usando creme dental com flúor, após todas as refeições e utilize o fio dental. E não esqueça das visitas regulares ao seu dentista.

Os cuidados com a saúde bucal afastam a probabilidade do aparecimento de infecções, gengivites, entre outros problemas.

Comentários