• Blog

    • Início BlogO dente do siso deve ser extraído antes de nascer?

O dente do siso deve ser extraído antes de nascer?

01/11/2018 às 10:44 0 comentários Blog

O dente do siso, também conhecido como terceiro molar, é o último a aparecer na arcada dentária e nasce quando estamos entre os 18 e 21 anos de idade. O processo de erupção do dente pode durar muitos anos, o que causa bastante incômodo aos pacientes.

Embora seja comum sua extração, ela nem sempre é necessária, pois há casos nos quais o siso não atrapalha a estética do sorriso e nem a saúde bucal do paciente. Neste post, vamos apresentar situações nas quais é necessário remover o siso. Confira!

Entenda quando é necessário extrair o dente do siso

O dente do siso precisa ser extraído quando não há espaço suficiente na arcada dentária para que ele se encaixe na arcada dentária do paciente. Nesses casos, o siso empurra os outros dentes, deixando o sorriso desalinhado. Também é muito comum que o terceiro molar não aponte totalmente, ficando incluso ou semi-incluso, de modo a ficar torto ou retido dentro do osso.

Quando o siso está acometido de cáries ou há presença de doenças nas gengivas, também é necessária a extração. Ainda existem casos nos quais há formação de cistos na região dos sisos, o que causa destruição dos ossos responsáveis pela sustentação dos dentes. 

Quando o terceiro molar está infeccionado e doendo muito, o dentista também vai indicar que ele seja removido. Mas vale ressaltar que apenas o profissional pode indicar a extração do siso depois de fazer uma avaliação da boca do paciente.

Entenda como a cirurgia para a retirada do siso é realizada

Para remover o dente do siso, o dentista aplica uma anestesia local para que o paciente não sinta dor. O tempo do procedimento depende da complexidade do caso e da habilidade do cirurgião-dentista. Lembrando que não é necessário que o siso tenha apontado totalmente para ser retirado.

No entanto, dentes inclusos e semi-inclusos precisam de mais recursos para serem removidos. Já dentes que apontaram totalmente são extraídos com mais facilidade. Quando há necessidade de extração de dois ou mais sisos, o processo pode ser feito de uma vez só.

Veja algumas recomendações para o pós-operatório

Depois da cirurgia, é necessário que o paciente fique de repouso por alguns dias, pois é comum a presença de edemas e inchaços. Nos primeiros dias do pós-operatório, a pessoa deve evitar alimentos quentes, fibrosos e que grudem nos dentes.

O paciente deve dar preferência para alimentos frios e gelados, além de adotar uma dieta com comidas líquidas e pastosas. A prática de exercícios físicos, o sol e trabalhos pesados também devem ser evitados nos primeiros dias após a cirurgia.

A higiene bucal deve ser realizada com cuidado, para não causar traumas e sangramento na área operada.

Veja as consequências de não extrair o dente do siso

Caso ele não seja removido, pode causar muitos transtornos para o paciente. É comum que pessoas sofram com dores de cabeça e nos ouvidos devido ao mal posicionamento dos sisos. A presença de inflamação nas gengivas e dores são outros problemas provenientes do nascimento dos terceiros molares.

Em casos mais extremos, pode haver presença de abscessos ou o paciente sofre com a dificuldade em abrir a boca.

Então, caso seu dente do siso esteja incomodando, marque uma consulta com seu dentista para que ele avalie a necessidade de fazer uma cirurgia de extração.

Você precisa de profissionais capacitados para cuidar de sua saúde bucal? Marque uma avaliação no Hospital da Face. Temos excelentes profissionais prontos para atendê-lo!

Você também vai gostar de:

Vai extrair o dente do siso? Confira dicas para o procedimento ser tranquilo!

Tudo sobre o dente do siso: porque extrair e quais são os riscos

Comentários