• Blog

    • Início BlogComo o cigarro pode afetar sua saúde bucal

Como o cigarro pode afetar sua saúde bucal

25/11/2016 às 18:29 0 comentários Blog, Hospital da Face

Praticamente todos sabem que os cigarros podem ter um impacto mortal em nosso corpo e graves problemas de saúde, como câncer, doenças pulmonares e doenças cardíacas. Mas você já pensou nos efeitos que o fumo tem na sua boca? Cada sopro de fumaça que entra em seu corpo começa por passando pelos seus lábios, língua, dentes e gengivas.

Neste artigo, reunimos seis maneiras como cigarro pode afetar sua saúde bucal

1. Câncer oral

Fumar ou mascar tabaco pode contribuir para o aparecimento de câncer de boca, língua, lábios, gengivas e garganta. Uma pesquisa feita no Canadá, estima que haveria 3.400 novos casos de câncer bucal no ano passado, sendo mais de metade das vítimas, homens.

“Se você é fumante e bebedor, seus riscos são muito altos”, diz Mary Bertone, higienista dental do Centro de Saúde Bucal da Universidade de Manitoba. Infelizmente, em muitos casos o câncer oral não é descoberto até que esteja avançado. “Esse é o problema com a taxa de sobrevivência por câncer bucal – descobre-se tarde demais”, diz Bertone. Mais de 1.000 canadenses morrerão de câncer bucal somente este ano.

2. Doença de goma

Fumar prejudica suas gengivas de duas maneiras diferentes:

Em primeiro lugar, é provável que o fumo faça com que você produza mais placa bacteriana em sua boca, o que coloca suas gengivas sob constante ataque.

Em segundo lugar, os fumantes têm níveis mais baixos de oxigênio no sangue, o que retarda a cicatrização. Como resultado, quando suas gengivas ficam infectadas, seu corpo é menos capaz de lidar com a infecção. Em comparação com os não-fumantes, a doença gengival progride mais rápido do que em pessoas que fumam.

3. Cáries

Considerando o aumento da placa e goma problemas causados pelo tabagismo, é certo que o risco de cárie dentária também aumenta. Se você fuma, está colocando sua boca em risco por três vezes mais do que as pessoas que não fumam.

4. Mau hálito

Não é nenhuma surpresa que os fumantes acabam adquirindo mau hálito, e do tipo que não pode ser resolvido com uma bala. Mais de 4.000 produtos químicos passam através de sua cavidade oral cada vez que você fuma e muitos deles acabam se fixando nas superfícies internas da sua boca. Fumar também contribui para o mau hálito porque seca a boca, e isso pode desencadear a infecção das gengivas, e até mesmo nos seios da face, resultando em gotejamento pós-nasal.

5. Dentes manchados

A boca de um fumante não é uma boca bonita. Isso se deve às manchas amarelas desagradáveis que o alcatrão e a nicotina deixam nos seus dentes. Ao longo do tempo, esta coloração pode infiltrar-se em pequenas rachaduras no esmalte dos dentes. Isso significa que depois de vários anos de fumo, essa coloração amarelada pode se tornar permanente.

6. Paladar e olfato alterados

Quando você fuma regularmente, seus sentidos do paladar e olfato podem ser “anestesiados”. Não somente isso interfere na sua apreciação do alimento, como pode fazer com que você acabe utilizando muito sal ou açúcar nos alimentos em um tentativa de tornar o sabor mais forte, o que pode causar outros riscos à sua saúde. Pesquisas mostram que um em cada cinco fumantes tem um sentido menos preciso de sabor e cheiro. Felizmente, o efeito pode ser reversível se você parar de fumar.

Quer saber mais sobre como evitar os riscos do cigarro na sua boca? Procure um dentista.
Agende já uma consulta no Hospital da Face!

Comentários