• Blog

    • Início BlogComo lidar com os incômodos durante o nascimento dos primeiros dentes do bebê?

Como lidar com os incômodos durante o nascimento dos primeiros dentes do bebê?

18/12/2017 às 8:27
Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.hospitaldaface.com.br/como-lidar-com-os-incomodos-durante-o-nascimento-dos-primeiros-dentes-do-bebe/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 226

Warning: First parameter must either be an object or the name of an existing class in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 228
0 comentários
Blog

Os primeiros dentes do bebê começam a nascer por volta dos seis meses de idade, resultando em diversas mudanças no comportamento da criança devido ao desconforto que esse marco no desenvolvimento causa nela. Sinais como a perda de apetite e uma gengiva inchada e esbranquiçada são alertas de que os dentinhos do seu filho estão para nascer. Como não sabe falar, uma criança desta faixa etária demonstra incômodo por meio do choro, da irritação e até mesmo com febre. A erupção dos primeiros dentes de leite causa dor e desconforto, entretanto, há formas de aliviá-los. Pensando no melhor para a sua criança, juntamos algumas dicas para que você consiga amenizar a dor ocasionada pelo nascimento dos primeiros dentes do bebê. Confira a seguir!

Mordedores

Os mordedores são uma boa opção para tratar o desconforto gerado pelo nascimento dos primeiros dentes. O bebê encontra no mordedor uma maneira de aliviar o incômodo, já que, ao mordiscá-lo, estará massageando a região que logo receberá um dentinho de leite. Uma dica é optar pelos mordedores que você possa colocar na geladeira, para dar uma resfriada por alguns minutos. Assim, além de massagear a gengiva, o frio do objeto ajudará a diminuir o possível inchaço da região.

Massagens com o dedo na gengiva

Você pode optar por massagear a gengiva do seu bebê com o dedo para aliviar o desconforto. Como aliada, você pode utilizar as famosas dedeiras de silicone, bem higienizadas, no processo. As dedeiras de silicone possuem pequenas cerdas molinhas que podem proporcionar ainda mais alívio ao bebê na hora da massagem.

Tipos de alimentos

Por mais que a criança demonstre menos interesse em comer, é importante que você continue alimentando-a. Se ela ainda está sendo amamentada, uma boa saída é fazer o “picolé de leite materno”: congele a quantidade de leite que o bebê toma normalmente e ofereça-o. O leite materno neste formato ajuda a seguir com o fornecimento de nutrientes que o bebê precisa para manter o sistema imunológico forte e a temperatura fria ajuda a diminuir o inchaço e desconforto que o nascimento dos primeiros dentes causa.

Caso a criança já esteja comendo alimentos sólidos, é preferível alimentá-la com produtos frios com o mesmo propósito de ajudar a diminuir o incômodo – purê de frutas e legumes mais frios e frutas são boas sugestões para deixar o seu bebê forte e menos irritado.

Auxílio de um especialista

É imprescindível que você leve seu filho para consultas com o odontopediatra. Este profissional especialista em atendimento a crianças fornecerá soluções para atenuar o incômodo do nascimento dos primeiros dentes, como o uso de um gel anestésico. Apesar de não ser tão indicado devido ao bebê poder engolir o gel, mesmo que aplicado no local correto, o dentista poderá vir a receitá-lo se a situação exigir. Cabe destacar que é necessária a prescrição do especialista antes de tomar providências que envolvam medicamentos

O crescimento dos dentes de leite do bebê pode trazer incômodo, já que é a primeira vez que a gengiva sofre uma erupção. Apesar de incomodar, não é impossível propor medidas que ajudem a aliviar a dor que o bebê sente. Se você estiver com dúvidas de como ajudar mais o seu filho, agende uma consulta com um odontopediatra do Hospital da Face. Assim, poderemos cuidar da saúde bucal dos seus filhos desde cedo.

Você também vai gostar de:

1. Qual a pasta de dente ideal para as crianças?
2. Como educar as crianças para escovar os dentes?
3. Dentista para crianças – por que levar seu filho ao odontopediatra?

Comentários