• Blog

    • Início BlogO bochecho com antisséptico bucal é indispensável?

O bochecho com antisséptico bucal é indispensável?

02/07/2015 às 10:58
Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.hospitaldaface.com.br/bochecho-com-antisseptico-bucal/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 226

Warning: First parameter must either be an object or the name of an existing class in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 228
0 comentários
Blog, Hospital da Face

O uso do antisséptico bucal não é indispensável. Uma boa higiene oral é obtida através da escovação diária. Esses produtos não substituem o processo de escovação dos dentes, eles apenas permitem uma diminuição na velocidade de formação da placa bacteriana, não são capazes de eliminá-la completamente.

Qual a finalidade dos antissépticos bucais e quando usá-los?

Os antissépticos bucais são utilizados visando à redução dos níveis de bactérias na boca e na língua.

Alguns são indicados para uso terapêutico e receitados por especialistas para concluir tratamentos odontológicos, como por exemplo, em pessoas com doença periodontal, após uma cirurgia oral ou uma extração do dente, pois reduzem o risco de infecções. E ainda, aquelas que utilizam aparelho ortodôntico e precisam realizar uma limpeza bucal completa.

Outros podem ser utilizados na prevenção de recorrências de cáries ou periodontite ou recomendado para pessoas que possuam hipersensibilidade ao escovar os dentes, a frio ou calor, ou ainda, aquelas que estejam com o esmalte do dente danificado. Porém, a maioria das pessoas adota o uso de antissépticos bucais para obter uma sensação de conforto, bem estar, de uma boca mais limpa com hálito puro e fresco. Esses produtos não são recomendados para crianças menores de 06 anos, pois possuem álcool em sua composição e elas podem engolir parte do líquido que pode ser muito prejudicial à saúde.

 

Como escolher o melhor antisséptico bucal?

A melhor maneira de escolher o produto mais adequado a suas necessidades é conversar com o seu dentista. Alguns deles devem ser usados por um período de tempo limitado. Somente o especialista poderá indicar se o uso está sendo benéfico ou não para cada caso específico. Outra questão é quanto à halitose (mau hálito), muitas pessoas utilizam os antissépticos bucais com a ilusão de que resolverão este problema com o uso diário do produto e nem sempre isso ocorre, pois se a pessoa tiver problemas graves no estômago, por exemplo, deverá realizar o tratamento específico, e só então poderá obter resultados positivos em relação à halitose.

 

Como remover de forma eficaz a placa bacteriana?

Para remover a placa bacteriana, o ideal é escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia, pela manhã, após o almoço e depois do jantar. Não se esqueça de limpar bem os resíduos que ficam nos espaços entre os dentes, utilizando escovas dentais ou fio dental. Se você optar pelo uso de um antisséptico bucal, a ação de bochechar deve vir por último após essas duas etapas, como um complemento. Não pode substituir nenhuma das etapas pelo uso de antisséptico bucal.

Dicas para o uso de antissépticos bucais

– Os antissépticos bucais são indicados para casos específicos e devem ser usados sob orientação profissional;

– O uso indevido do produto pode causar manchas escuras e deixar os dentes enfraquecidos, além de causar descamação da mucosa bucal, o que aumenta a sensibilidade aos alimentos e causa alterações no paladar;

– Ninguém deve substituir os procedimentos de escovação e higiene bucal pelo uso de antissépticos bucais, eles podem ser um complemento, se houver indicação do especialista.

Consulte o seu dentista regularmente para avaliação de sua arcada dentária e efetue a limpeza bucal completa com um profissional especializado!

Comentários