• Blog

    • Início BlogBichectomia: o procedimento estético do momento

Bichectomia: o procedimento estético do momento

30/09/2016 às 18:55
Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.hospitaldaface.com.br/bichectomia-o-procedimento-estetico-do-momento/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 226

Warning: First parameter must either be an object or the name of an existing class in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 228
0 comentários
Blog, Hospital da Face

Originalmente, a bichectomia começou a ser utilizada para corrigir problemas de pacientes que, por conta de terem um rosto mais “cheinho” mordem muito a bochecha e esses traumas recorrentes podem gerar inflamações e até câncer. Daí a recomendação de se realizar a retirada das bolsas de Bichat.

Pelo fato de este procedimento afinar o rosto, hoje em dia esse procedimento cirúrgico passou a ser procurado com objetivos estéticos, principalmente pelas mulheres.

Em Hollywood, a bichectomia já se tornou uma febre entre as famosas, como Angelina Jolie, Kim Kardashian e Jennifer Aniston. No Brasil, a demanda por este procedimento também aumentou. Neste artigo você vai saber mais sobre o processo cirúrgico, pós operatório e possíveis dúvidas que devem estar rondando a sua cabeça agora.

bichectomia-angelina-jolie

Como é feita a bichectomia?

As bolsas ou gordura de Bichat são dois aglomerados de gordura encontrados no fundo das bochechas. Eles estão localizados abaixo do músculo buscinador e são elas que criam volume nessa região.

Como seu papel não é vital no corpo humano e estão localizadas longe dos principais órgãos e nervos, a sua remoção é feita sem graves consequências se realizada por um profissional qualificado, mas não devem ser retiradas por completo, pois possuem um papel importante no envelhecimento, portanto sua retirada é sempre parcial, e não total.

O procedimento dura entre 15 e 20 minutos de cada lado. O paciente é sedado, mas não a ponto de adormecer pois ele precisa manter a boca aberta durante o processo, então é feita uma pequena e rápida incisão de 6mm, sob anestesia local. O cirurgião localiza a almofada de gordura e a projeta para fora. Ela é então removida parcialmente com um dispositivo à laser ou de onda de rádio, para selar os vasos sanguíneos e evitar uma hemorragia que pode ser problemática nesta área. Depois que a gordura é removida, as pequenas incisões são fechadas e após um período de recuperação de uma hora, o paciente pode ir para casa.

O pós-operatório

A incisão é feita por via oral, dentro da boca, então não deixa cicatrizes. O pós operatório dura em torno de 5 dias e a recuperação completa entre duas e quatro semanas.

A recuperação rápida é o motivo pelo qual este procedimento é tão buscado.

A principal recomendação neste período é ter uma excelente higiene bucal por no mínimo uma semana. Isso significa escovar os dentes obrigatoriamente depois de cada refeição e a utilização de enxaguatórios bucais.

O perfil indicado para este procedimento

Geralmente esse procedimento é indicado para pessoas que possuem um rosto mais “cheio” em relação ao restante do corpo, pois esta gordura não pode ser perdida nem com dieta nem com exercícios, porém é um procedimento cirúrgico e não é recomendado para pessoas que já possuem um rosto magro e “acreditam” que seu rosto é gordo.

Pessoas com problemas de saúde e doenças infecciosas também são contra-indicadas para realizar este procedimento. É importante consultar um médico e realizar todos os exames necessários antes para saber se a bichectomia é indicada para o seu caso.

Cuidados

A bichectomia é de modo geral uma cirurgia segura, rápida e sem efeitos colaterais de modo geral, mas é preciso estar atento ao proficcional que irá realizar este procedimento. Procure um proficiconal qualificado, especializado na área, que conhece as terminações nervosas próximas ao local da incisão, pois se realizado de forma incorreta, pode acarretar sérios problemas, como paralisia facial.

O mais importante é procurar o máximo de informações possível e tirar todas as suas dúvidas com o seu médico antes de optar por qualquer procedimento.

Comentários