• Blog

    • Início BlogBichectomia: 3 Motivos para Você Procurar um Dentista para esse Tratamento

Bichectomia: 3 Motivos para Você Procurar um Dentista para esse Tratamento

24/07/2017 às 8:00
Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.hospitaldaface.com.br/bichectomia-3-motivos-para-voce-procurar-um-dentista-para-esse-tratamento/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 226

Warning: First parameter must either be an object or the name of an existing class in /home/storage/f/11/e2/hospitaldaface/public_html/wp-content/themes/hospitaldaface/functions.php on line 228
0 comentários
Blog

Se o volume das suas bochechas lhe incomoda, a bichectomia pode ajudá-lo a ter mais autoestima. Procedimento cirúrgico simples, consiste na retirada da “bola de bichat”, acúmulo de gordura localizada abaixo das maçãs do rosto, responsável pelo seu aspecto arredondado. Como resultado, o rosto fica afinado, definido e equilibrado. Somente profissionais autorizados podem fazer esse procedimento e entre eles está o dentista. Separamos três motivos para você procurar esse especialista.

 1 – O dentista está mais familiarizado com a região bucal

Ninguém melhor do que o dentista para entender da região bucal, não é mesmo? Em sua formação, o profissional conhece a anatomia da face. Por isso, é autorizado por lei a realizar tratamentos na região acima da glândula tireoide até a raiz do cabelo. Seu campo cirúrgico, inclusive, é o espaço interno da boca, onde é realizada a bichectomia.

2 – A odontologia valoriza a harmonização facial

Atualmente, a odontologia trabalha com o conceito de harmonização facial, por meio da qual o profissional se preocupa em adequar o rosto ao sorriso. Isso significa que antes de realizar o procedimento, o cirurgião-dentista avaliará o perfil do paciente como um todo para indicar tratamentos que valorizem o equilíbrio e proporção da face.

Devemos lembrar que a bichectomia é um processo irreversível. Uma vez retirada, a bola de bichat não pode mais ser recuperada. Mais um motivo para procurar um dentista, que fará uma avaliação precisa e verificará se o tratamento realmente é indicado para o seu caso. Isso contribui para evitar resultados indesejados e arrependimentos por parte do paciente.

3 – O dentista está preparado para lidar com possíveis complicações

A bichectomia é um procedimento simples, feito a partir de pequenas incisões – entre 1 cm e 3 cm – dentro da boca para a retirada da gordura. Requer anestesia local, mas em alguns casos pode ser necessário sedação ou anestesia geral. O dentista está capacitado para realizar todas essas etapas e orientar o paciente durante a recuperação.

Antes da cirurgia, o profissional verifica se está tudo bem com a saúde geral do paciente. Para a avaliação, são solicitados exames de sangue, cardiológico e tomografia da região, para identificar o tamanho da gordura a ser retirada e se certificar de que é mesmo ela que está aumentando o volume das bochechas.

Se complicações surgirem, ele também está capacitado para lidar com esse cenário.

Como escolher o dentista certo para fazer bichectomia

Agora que você já sabe as vantagens de fazer bichectomia com o dentista, atente-se para encontrar o profissional adequado. Verifique se o especialista possui credenciamento em instituições sérias e pesquise a opinião de pessoas que realizaram o tratamento com ele para se certificar de que ocorreu tudo bem.

Na avaliação, fale sobre a suas expectativas com relação ao procedimento e tire todas as suas dúvidas. Também é importante seguir todas as recomendações do dentista. Escolher bem ajuda a evitar riscos para sua saúde e garante ótimos resultados.

Quer fazer bichectomia? O Hospital da Face oferece uma equipe de odontologistas especializados nesse procedimento. São mais de 40 anos melhorando a aparência e sorriso de diversas pessoas. Acesse nosso site e saiba mais.

Você também vai gostar de:

  1. Como curar o medo de ir ao dentista?
  2. 3 dicas para escolher a sua clínica de estética facial
  3. 3 dicas para encontrar o tratamento de estética facial ideal para você

Comentários